Umas das coisas que aprendi com esse cara, é a lucratividade que esse tipo de trabalho pode e vai te proporcionar. Ou seja, você não vai precisar gastar tempo e nem dinheiro montando uma área de membros para seus alunos (esse trabalho é do produtor), não vai precisar se preocupar com a logística de entrega de mercadorias (no caso de produtos físicos)  e o melhor, você pode ganhar até 99% de comissão sobre o valor do produto.
"You and the team at Internet Marketing Ninjas have been great, demonstrating the quality of your work through useful recommendations, reports and top-notch content that has won us some great links. Thank you. In turn, I trust that we have been good clients over the past few months offering no hassles, no payment issues, quick implementation of content and good communication throughout our engagements. We plan on continuing to work with you for quite sometime." Sara C.
The new digital era has enabled brands to selectively target their customers that may potentially be interested in their brand or based on previous browsing interests. Businesses can now use social media to select the age range, location, gender and interests of whom they would like their targeted post to be seen by. Furthermore, based on a customer's recent search history they can be ‘followed’ on the internet so they see advertisements from similar brands, products and services,[38] This allows businesses to target the specific customers that they know and feel will most benefit from their product or service, something that had limited capabilities up until the digital era.
Digital marketing activity is still growing across the world according to the headline global marketing index. A study published in September 2018, found that global outlays on digital marketing tactics are approaching $100 billion.[40] Digital media continues to rapidly grow; while the marketing budgets are expanding, traditional media is declining (World Economics, 2015).[41] Digital media helps brands reach consumers to engage with their product or service in a personalised way. Five areas, which are outlined as current industry practices that are often ineffective are prioritizing clicks, balancing search and display, understanding mobiles, targeting, viewability, brand safety and invalid traffic, and cross-platform measurement (Whiteside, 2016).[42] Why these practices are ineffective and some ways around making these aspects effective are discussed surrounding the following points.
As of October 2018 almost 4.2 billion people were active internet users and 3.4 billion were social media users (Statista). China, India and the United States rank ahead all other countries in terms of internet users. This gives a marketer an unprecedented number of customers to reach with product and service offerings, available 24 hours a day, seven days a week. The interactive nature of the internet facilitates immediate communication between businesses and consumers, allowing businesses to respond quickly to the needs of consumers and changes in the marketplace.
According to Statistica, 76% of the U.S. population has at least one social networking profile and by 2020 the number of worldwide users of social media is expected to reach 2.95 billion (650 million of these from China alone). Of the social media platforms, Facebook is by far the most dominant - as of the end of the second quarter of 2018 Facebook had approximately 2.23 billion active users worldwide (Statistica). Mobile devices have become the dominant platform for Facebook usage - 68% of time spent on Facebook originates from mobile devices.
Social media continues to grow and adapt into a more exciting technology than ever before. While it was once a purely personal platform, the business and marketing applications are ace. Now we have entire degrees dedicated to the practice, and firms popping up all over the world promising to help brands expand on and off the web. While many offer tools to allow you to measure your own analytics, others handle everything for you.
Esta plataforma como www.linkshare.com o www.shareresults.com ofrece a la empresa en busca de publicidad online, el abanico de sitios y blogs afiliados y a partir del nicho de lectores o usuarios con los que ellos cuentan. El contratante arregla con el sitio web las comisiones o tarifas a abonar a partir de las actividades referidas que este genere.
Ao contrário do que muitos afiliados acham, anúncios também precisam ser relevantes para o seu público-alvo. Existem imensos afiliados que promovem produtos através de anúncios de Facebook, Google AdWords e native ads, sem se preocuparem minimamente com a relevância do produto para o público-alvo. Muitos deles utilizam inclusive estratégias de copywriting com o objetivo de enganar esse público e levá-lo a clicar nos anúncios.

Um exemplo de sucesso é o Facebook que conquistou rapidamente o público e em pouco tempo ultrapassou os concorrentes. A chave foi a simplicidade, a rapidez de execução e a liberdade que o usuário tem ao manusear as suas funções. O uso da rede fez tanto sucesso, que as empresas passaram a investir na criação de um ambiente de comunicação com o cliente, permitindo que criassem uma página de negócios, as fan pages.


Seguramente una vez que tengas establecido la temática de tu blog y tu nicho del mercado, o tu audiencia, comenzarás a recibir invitaciones para unirte a diferentes redes de afiliación para tu público. Mientras tanto, te comparto una herramienta muy práctica Afiliado.com que te permite encontrar diferentes opciones según la temática de tu blog, por ejemplo: afiliados para viajes, música, deportes, cupones, etc.
Se você está começando ou já trabalha com marketing de afiliados, é importante entender que existe um conjunto de regras e estratégias que normalmente chamamos de boas práticas. Entender esse mercado é fundamental para ter sucesso trabalhando com ele. Independentemente de você ter sites e blogs ou preferir trabalhar com divulgação de programas de afiliados, entender as boas práticas vai fazer com que você evite erros desnecessários.
Embora isso possa funcionar numa estratégia de curto prazo, a realidade é que a longo prazo será difícil manter seu negócio funcionando, pela simples razão de que esse afiliado precisará, constantemente, criar novas páginas, novas contas de anúncios e novas formas de divulgar esses produtos. No final, ele não terá absolutamente nada e ficará dependente desses produtos. Não recomendo que você faça isso. Pense numa estratégia de longo prazo, sustentável e com uma comunicação simples, objetiva e relevante para o seu público-alvo.
Inclua sempre comentários no site para que os visitantes tenham uma compreensão inicial sobre o que o produto pode fazer a quem os compra. Também incluir testamentos de pessoas que já tenham experimentado o produto. Tenha certeza de que estes clientes estão dispostos a permitir-lhe utilizar os seus nomes e fotos no site do produto que está no mercado.
Os chamados infoprodutos, ou produtos digitais, são também uma excelente forma de trabalhar com marketing de afiliados. Existem várias plataformas que oferecem esse tipo de produtos e também muitos afiliados trabalhando na divulgação, recebendo comissões extremamente elevadas pelas vendas geradas. Este é um mercado que está crescendo imenso no Brasil.
As redes de contactos profissionais, cujo exemplo mais famoso costumava ser LinkedIn e Plaxo, são uma das várias redes sociais, como o Archifamous, MySpace e o Facebook. As redes sociais de lazer foram os primeiros a aparecer e uma vez que o seu poder de comunicação foi clara, a comunicação empresarial não demorou muito a tentar tirar vantagem deste potencial e as redes de contactos profissionais nasceram. Estas redes de contactos profissionais trabalham num link baseado num convite, interligando todos os contactos profissionais numa única conta. Desta forma, poderá surgir um variado número de negócios, que não foram visíveis no mundo off-line, através do contacto profissional retirado dessa única conta (pode ser um cliente, fornecedor, distribuidor, etc.).
O marketing de afiliados não é algo novo. Há centenas de anos que pessoas trabalham em modelos de comissão semelhantes, e os chamados comissionistas existem há centenas de anos. Um bom exemplo desse tipo de trabalho seriam os corretores imobiliários. Eles divulgam imóveis dentro e fora da internet, recebendo uma comissão sobre a venda daquele imóvel.
×