Não necessariamente. Você pode trabalhar a divulgação de seus links de afiliado em campanhas de anúncios no Facebook, Instagram, Google AdWords, Taboola, Outbrain e outras plataformas de anúncios. Você também poderá comprar tráfego para promover seus programas de afiliados, por exemplo. Existem muitos afiliados que não trabalham com blogs, muito menos com conteúdo ou SEO.

"Just wanted to say thanks for all the link-building, help, tips and etc that you guys do for me and my site. I greatly appreciate it. My father and I went out to dinner last night and toasted you all. Why? Not only are you nice people, but now our site ranks well for several competitive phrases... If any of you are there (Pubcon conference) as well, I'm buying a round and I hope your livers are in shape. Hope to meet several of you in person." Subbu A.
A ideia de criar um blog era para mim um "bicho de sete cabeças". Isso dos blog é para os "geeks", cibernautas que não têm mais nada que fazer que estar agarrado a um laptop o dia inteiro - pensava eu. Agora estou aqui entretida de volta desta ferramenta fabulosa do Blogger, deliciada a ver o resultado final desta minha arte cibernáutica, e a querer escrever mais e mais. A internet é de facto um mundo, há de tudo, para tudo, para todos, como a diz a minha mãe: "nem sei o que hei-de pesquisar", como se nada interessasse. Mas de facto, o universo Google é uma fonte poderosa, é preciso é saber tirar o melhor partido da informação, mas quanto ao Google irei desvendar mais "segredos"...
Gross Rating Points (GRP) é a soma das classificações alcançadas por um canal de comunicação específico ou horário. Representa a percentagem do público-alvo alcançado por um anúncio. O GRP é uma medida do impacto de uma campanha, é igual ao produto da taxa de cobertura (Reach) pela taxa média de repetição (OTS – Opportunity To See), sendo: a cobertura (Reach) o número ou percentagem (neste caso % é taxa) de indivíduos da audiência alvo que estiveram expostos à “mensagem” pelo menos uma vez durante a campanha; e a taxa de repetição ou OTS o numero de vezes que, em média, o potencial consumidor esteve exposto à “mensagem” da campanha. No entanto o GPRs na internet ainda não pode ser comparado ao dos mass media como a televisão (TV), pelo facto do número de pessoas com acesso à internet ser inferior à das pessoas que vêem TV e pelo próprio conceito de GPRs, que tem que ser adaptado para ser eficaz no Digital media de modo a ser devidamente medido em campanhas de b-Marketing (blended marketing).
Um blog, também conhecido como weblog ou “surfing diaries”, é um site em formato aberto que com periodicidade definida, apresenta conteúdos de um ou mais autores sobre diversos temas. Os conteúdos são disponibilizados cronologicamente e os leitores podem interagir através de diversas ferramentas (exemplo: “postar” comentários para cada nova entrada), no entanto o autor ou administrador tem autonomia para gerir este processo (exemplo: apagar comentários que não considere adequados).

É importante considerar que as raízes do marketing digital são muito semelhantes ás do “Direct Mail Marketing”(Marketing Postal Direto) onde anúncios para diversos produtos eram colocados em jornais e revistas com o objetivo de vender esses mesmo produtos à distancia por encomenda direta. A imprensa tradicional perdeu muito interesse com o facto de que as campanhas digitais podem ser analisadas detalhadamente em termos de eficácia, o que é impossível com anúncios em jornais e revistas.[3]
Nichos de mercado pequenos também são extremamente interessantes de rentabilizar por meio de marketing de afiliados. Imagine um blog sobre viagens, sobre receitas, sobre moda, etc. Todos esses projetos de nicho podem e devem ser rentabilizados com programas de afiliados. Existem imensos afiliados profissionais utilizando sites e blogs em nichos de mercado bem pequenos, mas faturando muito dinheiro em comissões.
Se você tem um blog sobre automóveis e sai divulgando programas de afiliados sobre como perder peso, porque você acha que todo mundo precisa emagrecer, é bem provável que não vá funcionar. Entender seu público e como ele se comporta dentro do seu site ou blog é fundamental para o sucesso das suas campanhas de marketing de afiliados. Quanto mais relevantes seus anúncios forem para a sua audiência, maiores serão as suas chances de ser bem sucedido. Se você imaginar que até o Google tornou seus anúncios contextualizados com o conteúdo de sites e blogs, você entende a importância de ser relevante.
Criem um email a explicar o produto, porque se deve comprar/adquirir, façam-no de modo a que a pessoa que leia o email se sinta interessada no produto, coloquem algumas imagens ou algum recurso que veja essencial para a venda do mesmo. Depois é so enviar a todos os seus amigos, e se com alguma confiança em alguns, peça para estes enviarem para os seus amigos também.

O mercado de marketing de afiliados é, na verdade, uma oportunidade tremenda para ganhar dinheiro na internet e continuará sendo durante muitos e longos anos. No entanto, e tal como acontece em outros mercados, existem profissionais que fazem as coisas do jeito certo e profissionais que fazem as coisas do jeito errado. Você precisará entender primeiro como tudo isso funciona e quais são as suas possibilidades, de modo a tentar extrair o máximo potencial dos seus projetos. Outra coisa importante é que marketing de afiliados não tem nada a ver com marketing multinível; são dois mercados totalmente diferentes.

×